Creatinina e ureia: valores de referência

Se os valores de creatinina e ureia são superiores aos recomendados, pode ser indicação de uma doença renal aguda ou crónica

A análise à creatinina e ureia permite obter informações sobre o estado da função renal. Saiba como interpretar os valores.

  • PorCarlos Eugénio AugustoJornalista

  • ColaboraçãoDr. João Pedro PatrocínioMédico interno de Medicina Geral e Familiar

Vitais para o organismo, cabe aos rins, em outras funções, expelir toxinas presentes no sangue, remover o excesso de água e controlar o equilíbrio de sais minerais. Quando não funcionam devidamente, a “limpeza” do organismo fica comprometida. De entre as substâncias expelidas, encontra-se a creatinina e a ureia.

Para perceber se este órgão está a funcionar devidamente, é necessário recorrer à análise de algumas substâncias, como estas duas. João Pedro Patrocínio, médico interno de medicina geral e familiar, explica como se avalia o funcionamento dos rins, quais os valores a ter em conta e o que fazer quando estes são ultrapassados.

Creatinina e ureia: para que serve a sua análise

A creatinina é uma substância filtrada pelos rins e eliminada pela urina, derivada da creatina. Esta é um composto que existe sobretudo nos músculos, sendo uma importante fonte energética muscular. Já a ureia é sintetizada, sobretudo, no fígado, a partir do amoníaco, de onde passa para o sangue para ser, depois, eliminada pelos rins.


«A quantidade de ureia que o nosso organismo elimina varia consoante o tipo e a quantidade de alimentos que comemos», sendo que os seus níveis no sangue aumentam em caso de doença renal, esclarece o Dicionário de Termos Médicos, da Porto Editora. É por isso que, e como explica João Pedro Patrocínio, é através da análise à creatinina e ureia que se consegue perceber o desempenho da função renal.

Se os valores de creatinina e ureia estão alterados…

De acordo com o especialista, o valor de referência da creatinina situa-se entre os 0,8 e 1,3 mg/dL. Já os de ureia devem estar entre 10 e 0 mg/dL. «Um resultado acima do valor de referência pode indiciar uma doença renal aguda ou crónica. Em indivíduos jovens, com grande massa muscular, a creatinina também pode estar elevada, sendo esse aumento normal, na maior parte das vezes», adianta.

Conselho médico

«Se se registar um valor elevado na sequência de falta de aporte hídrico, é essencial beber, no mínimo, 1,5 litro de água por dia. Esta é a melhor estratégia para ter uma boa saúde renal e prevenir pedras e infeções», garante João Pedro Patrocínio à Revista Prevenir.

Última revisão: Janeiro 2018

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this