Proteja-se da pneumonia

Pneumonia: o que é, quais os sintomas e riscos e como prevenir

Saiba como prevenir esta doença que pode ser fatal e aprenda a reconhecer os principais sintomas da pneumonia.

  • PorRita AlvesJornalista

  • ColaboraçãoDr. Jaime PinaMédico especialista em Imunoalergologia e Pneumologia

«É uma das principais causas de morte em homens e mulheres e está relacionada com três aspetos», refere Jaime Pina: os períodos de gripe; a idade (é, muitas vezes, o episódio final de vida); e outras doenças associadas (como a diabetes, a DPOC ou outras que diminuam a imunidade, como o cancro ou o seu tratamento). Segundo o relatório Causas de Morte 2015, do INE, em 2015, registaram-se, em Portugal, 3193 mortes por pneumonia nas mulheres, contra 2933 nos homens.

O que se passa no nosso corpo

«A pneumonia é uma forma de infeção respiratória aguda que afeta os pulmões». Este órgão é constituído por «pequenos sacos, os alvéolos, que se enchem de ar quando uma pessoa saudável respira» e que, em caso de pneumonia, «enchem-se de pus e fluidos, tornando a respiração dolorosa e limitando a inspiração de oxigénio», explica a OMS.


O contágio dá-se, geralmente, por inalação de gotículas presentes no ar (por exemplo, quando uma pessoa infetada espirra ou tosse, expelindo os germes), refere a European Lung Foundation. Os fumadores correm mais risco de pneumonia. «O tabaco danifica a capacidade dos pulmões de combater a doença», alerta a American Lung Association.

Faça isto para se proteger

Vacine-se Dado que a gripe é uma causa comum da pneumonia, «as vacinas da gripe e da pneumonia são cada vez mais recomendadas pelos médicos especialistas em doenças respiratórias e são uma forma muito eficaz de prevenir a doença», refere Jaime Pina, à Revista Prevenir.

Estimule a sua imunidade «Os medicamentos estimulantes da imunidade – lisados e fragmentos de bactérias –, quando tomados pelos doentes, estimulam as células imunitárias, sobretudo as responsáveis pela defesa contra vírus.

São tomados normalmente no outono, preparando o inverno, e são muito utilizados em crianças com infeções respiratórias de repetição e em adultos com problemas respiratórios. Estes medicamentos são sujeitos a receita médica, mas não são comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde», explica Jaime Pina.

Respeite o seu corpo «Não fume, siga uma alimentação saudável – baixa em gorduras, hidratos de carbono e doces – e evite a obesidade; pratique exercício físico regular; e durma as horas recomendadas por noite (6 a 8 horas). É durante o sono que se reconstituem as células do sistema imunitário» –, recomenda o médico especialista em Imunoalergologia e Pneumologia.

 


 

Sinais de alarme de pneumonia

«As pneumonias provocadas por bactérias são as mais frequentes (nomeadamente a da bactéria pneumococo)» e, segundo Jaime Pina, o seu diagnóstico clínico assenta, geralmente, na seguinte tríade:

  • Dor torácica, tipo pontada, ao respirar ou tossir.
  • Febre, normalmente alta.
  • Tosse e expetoração amarela, verde, ou seja, com pus, e muitas vezes com pequenas quantidades de sangue.

Os sintomas podem durar 3 a 4 semanas

Última revisão: Março 2018

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this