Obesidade: tipos, sintomas e tratamentos

obesidade: tipos, sintomas, tratamento e consequências para a saúde

65 por cento da população mundial reside num país onde a obesidade mata mais do que o peso insuficiente. Porquê?

De acordo com dados divulgados pela Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade, 65 por cento da população mundial reside num país onde a obesidade mata mais do que o peso insuficiente. A faixa etária da população mais afetada  está entre os 45 e os 74 anos e talvez também não saiba que 1,4 milhões de portugueses com 18 ou mais anos sofre desta doença. A Revista Prevenir explica-lhe tudo o que deve saber sobre obesidade.

Obesidade: o que é?

Consiste na acumulação anormal ou excessiva de gordura que resulta, muitas vezes, de um consumo exagerado de alimentos sem o correspondente aumento de atividade física.

Os tipos:

  • Ginoide: A gordura acumula-se da cintura para baixo (corpo em pera). É a mais comum nas mulheres.
  • Androide: A gordura acumula-se na cintura e zona superior do tronco (corpo em maçã). É a mais comum nos homens.

Principais causas

Trata-se de uma doença multifatorial. Isto é, envolve fatores metabólicos, endócrinos, fisiológicos, ambientais, sociais e psicológicos), e resulta de um desequilíbrio entre o aporte calórico e o gasto energético em indivíduos geneticamente suscetíveis.

Riscos para a saúde

  • 44% dos casos de diabetes
  • 23% das doenças isquémicas do coração
  • 7 a 41% de certos tipos de cancro

… são atribuídos ao excesso de peso e à obesidade.

> A gordura acumulada no abdómen é considerada a mais perigosa, pois aumenta a probabilidade de:


Tipos de tratamento

Além de intervenção dietética, o tratamento inclui também prescrição de atividade física, modificação comportamental e terapêutica farmacológica.

  • Fármacos

A terapêutica farmacológica é indicada quando as alterações ao estilo de vida não resultam na perda de pelo menos 5 por cento do peso em 3 a 6 meses. Em Portugal, estão disponíveis dois tipos de fármacos – orlistato e liraglutido.

  • Cirurgia bariátrica

A cirugia bariátrica está indicada a doentes com IMC igual ou superior a 40 ou IMC igual ou superior a 35 com pelo menos uma comorbilidade associada (como diabetes, dislipidemia, e hipertensão arterial). As técnicas mais realizadas são o bypass gástrico e o sleeve gástrico.

Como prevenir

A Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade aconselha:

  • Reduza a ingestão de gorduras e açúcar.
  • Aumente o consumo de fruta e vegetais.
  • Evite o consumo de álcool e refrigerantes e beba água.
  • Faça 150 minutos por semana de atividade aeróbia moderada (como caminhar rápido) e dois ou mais treinos de fortalecimento muscular.

 Será que é obesidade? Calcule o IMC

A obesidade corresponde a um índice de massa corporal igual ou superior a 30. Calcula-se dividindo o seu peso pela sua estatura ao quadrado.


Obesidade infantil

Portugal é o quinto país europeu com mais crianças obesas – 12,7 por cento das crianças entre os 2 e os 10 anos. Esta pode ser a primeira geração a viver menos que os pais.

Última revisão: Setembro 2019

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this