Vantagens e desvantagens do DIU

DIU: vantagens e desvantagens

Com um tempo de ação de cinco anos, o dispositivo intrauterino, ou DIU, é um dos métodos de eleição para quem procura uma contraceção de longa duração.

  • Colaboração e revisão científicaDra. Marcela ForjazMédica ginecologista

O DIU «tem, quase sempre, uma forma em T, com uma estrutura em material inerte (tipo plástico), com um metal na sua haste. Este é, na maior parte das vezes, feito de cobre, havendo modelos também em prata», começa por explicar Marcela Forjaz, médica ginecologista, à Revista Prevenir.

Como funciona

«Ao ser introduzido na cavidade uterina, o DIU causa, aí, uma reação de corpo estranho, que se traduz numa inflamação e que impede a nidação [implantação do ovo fecundado na mucosa uterina]. Tem alguns efeitos semelhantes ao SIU (sistema intrauterino): espessamento do muco do colo uterino, constituindo uma barreira à entrada de espermatozoides; reação inflamatória intrauterina, que torna o ambiente adverso aos espermatozoides, reduzindo o número dos que conseguem entrar na cavidade uterina; interfere, ainda, com a motilidade [mobilidade] das trompas», explica Marcela Forjaz, médica ginecologista, à Revista Prevenir.

As vantagens

«A segurança contracetiva, independência de um gesto voluntário (como o ter de tomar um comprimido) para a manutenção do efeito desejado, a duração e comodidade», assinala a especialista.

As desvantagens

«Geralmente, o DIU aumenta o período menstrual em duração e quantidade, o que, em alguns casos, pode causar anemia.»

Cuidados a ter com o DIU

«Vigilância regular, de forma a controlar o bom posicionamento do DIU. No caso da toma de um anti-inflamatório durante alguns dias, deve usar-se outro método contracetivo adicional», aconselha a especialista.

Se quiser engravidar…

«Neste método, só existe risco de a fertilidade ser afetada na presença de infeções intrauterinas, o que não é frequente. Quando a utilizadora desejar engravidar, deverá retirar o DIU e, idealmente, esperar que se complete um ciclo menstrual, utilizando outras medidas contracetivas, como o preservativo.»


DIU: Este método é para si?

  • Sim se… Pretende «uma contraceção segura e prolongada e não quer tomar métodos hormonais».
  • Não se… Sofre de «hemorragias uterinas não esclarecidas, está grávida ou tem patologia do colo (para descartar essa possibilidade, deverá ter o teste Papanicolau em dia)».
Última revisão: Agosto 2016

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this