facebook-icon facebook-icon instagram-icon instagram-icon

COVID-19: quem, quando e como usar máscara?

COVID-19: quem, quando e como usar máscara?

Em fase de mitigação do novo coronavírus, não são apenas os profissionais de saúde e doentes com COVID-19 que têm de usar máscara. Saiba quem, quando e como usá-la.

Em Portugal, com a transmissão sustentada do novo coronavírus na comunidade, a pandemia pelo SARS-Cov-2 entra na fase de mitigação. Esta fase sucede à fase de contenção e é anterior à fase de recuperação. O objetivo é minimizar o número de pessoas afetadas pelo novo coronavírus até ser criada uma vacina ou um tratamento. Às medidas de contenção até ao momento implementadas na fase de contenção devem acrescentar-se outras. O uso de máscara, aconselhado durante a fase de contenção apenas a profissionais de saúde e a pessoas com COVID-19, deve ser alargado a outras pessoas, como indica a Fundação Portuguesa do Pulmão em comunicado de imprensa.

Quem é saudável apenas precisa de usar máscara quando estiver a tomar conta de alguém infetado ou com suspeita de infeção pelo novo coronavírus

Quem deve usar máscara?

Na fase de mitigação do novo coronavírus (SARS-Cov-2), a Fundação Portuguesa do Pulmão considera de «maior importância a proteção respiratória, realizada através de equipamento de proteção individual – máscara. Este equipamento deve ser utilizado por todas as pessoas que tenham suscetibilidade acrescida». Assim, deverão utilizar esta forma de proteção respiratória:

  • Profissionais de saúde.
  • Pessoas infetadas pelo novo coronavírus.
  • Doentes respiratórios crónicos ou com outras doenças crónicas (como doença pulmonar obstrutiva crónica, insuficiência cardíaca, hipertensão, insuficiência renal ou diabetes).
  • Pessoas com idade superior a 60 anos.
  • Doentes com diminuição da sua imunidade (como transplantados e pessoas com doenças autoimunes, neoplasias, linfomas ou leucemias).

Quando usar máscara?

Quem é saudável apenas precisa de usar máscara quando estiver a tomar conta de alguém infetado ou com suspeita de infeção pelo novo coronavírus, indica a Organização Mundial da Saúde. Depois, quem está infetado ou com suspeita de infeção deve usar máscara sempre que estiver em contacto com outras pessoas. E quem faz parte dos restantes grupos de risco a quem se aconselha o uso de máscara, esta deve ser usada «sobretudo em contextos de grandes aglomerados (por exemplo, transportes públicos) ou frequência dos serviços de saúde», indica a Fundação Portuguesa do Pulmão em comunicado de imprensa.


Como usar a máscara?

Em primeiro lugar, é preciso ter em conta que o uso da máscara, como medida de proteção face ao novo coronavírus, é apenas eficaz quando usada em combinação com a lavagem frequente das mãos com água e sabão ou com uma solução à base de álcool. Depois, para que o uso de máscara seja eficaz é preciso usá-la bem. Siga os passos recomendados pela Organização Mundial da Saúde:

  1. Antes de colocar a máscara, lave as mãos com água e sabão ou com uma solução de base alcoólica.
  2. Cubra a boca e o nariz com a máscara e certifique-se de que não existem aberturas entre o rosto e a máscara.
  3. Evite tocar na máscara enquanto a usa. Se o fizer, lave as mãos com água e sabão ou com uma solução de base alcoólica.
  4. Substitua a máscara assim que estiver húmida e não reutilize máscaras descartáveis (de uma única utilização).
  5. Retire a máscara por trás (não toque na parte da frente da máscara) e coloque-a imediatamente no lixo. De seguida, lave as mãos com água e sabão ou com uma solução de base alcoólica.
Última revisão: Março 2020

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this