É um sistema de precisão responsável pelo sentido auditivo e pelo equilíbrio. O ruído e a limpeza incorreta do ouvido colocam em risco a sua função.

  • PorCatarina Caldeira BaguinhoJornalista
  • IlustraçãoRita Ferreira

  • ColaboraçãoDra. Laura MoreiraMédica otorrinolaringologista

É no ouvido externo, composto por cartilagem e pele, que o som é captado. Este percorre o canal auditivo até ao tímpano, uma fina membrana que vibra ao identificar as variações de pressão provocadas pelas ondas sonoras. Essa vibração faz movimentar os pequenos ossos do ouvido médio (martelo, bigorna e estribo), levando o som a propagar-se até ao ouvido interno. Nessa zona, existe uma espécie de caracol, a cóclea, que transforma as ondas em impulsos nervosos que estimulam o nervo auditivo e que o cérebro entende como som.

Os canais semicirculares, junto à cóclea, contêm um líquido (endolinfa) que se movimenta quando movemos a cabeça, enviando uma mensagem nervosa ao cérebro. Este ativa os músculos necessários para mantermos o equilíbrio. Por vezes, interrompemos o movimento, mas o líquido continua a mover-se. É por isso que sentimos uma tontura temporária.

Cinquenta por cento da cera (cerumen) presente no ouvido é composta por gordura, que lubrifica o canal auditivo e impede a entrada de sujidade, prevenindo infeções.

O ouvido é responsável pelo sentido auditivo e pelo equilíbrio


Proteja o seu ouvido

  • Controle a exposição ao barulho excessivo (acima dos 60 dB, o equivalente ao volume de uma conversa normal), fazendo intervalos de silêncio a cada 15 minutos.
  • Evite ambientes ruidosos. Se tiver de elevar o som da sua voz para ser ouvido, significa que está num ambiente potencialmente perigoso para os seus ouvidos.
  • Diminua a exposição ao ruído controlando o volume da televisão, rádio e telemóvel.
  • Em ambientes barulhentos, utilize protetores de som de silicone ou espuma.
  • Se notou alterações na forma como ouve, procure o seu médico de família ou um especialista em otorrinolaringologia.
  • Não se automedique. Antibióticos anti-inflamatórios e diuréticos podem prejudicar a audição.
Última revisão: Março 2015

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this