São uma placa córnea, formada por várias camadas de queratina, e situam-se na ponta dos dedos. Além da sua função estética, as unhas protegem a polpa dos dedos e permitem uma maior sensibilidade tátil.

  • PorRita AlvesJornalista
  • IlustraçãoRita Ferreira

  • ColaboraçãoDra. Paula QuirinoMédica dermatologista 

As unhas têm três estruturas principais: a matriz, o prato ungueal e o leito ungueal.

Na zona proximal, a prega cutânea designa-se eponíquio, sendo a cutícula um pequeno prolongamento de queratina que adere à superfície dorsal do prato ungueal. A unha mergulha nas pregas ungueais laterais e o hiponíquio é a zona cutânea que está sob a zona distal do bordo livre dela.

O prato ungueal é a parte exposta que se estende desde a raiz até à extremidade e cuja transparência permite ver o leito ungueal. Este, por ser muito irrigado, tem uma coloração rosada.

A matriz é uma camada fina de células, com irrigação sanguínea, na qual as unhas são produzidas, sendo a lúnula – uma estrutura semicircular branca – as suas partes visíveis.

Elas crescem por mês 3 a 5 mm, o que equivale a 0,01 mm por dia. Isto significa que a cada 4 a 6 meses, as unhas da mão regeneram-se. No caso das do pé, demoram a crescer cerca de 6 a 12 meses.

As unhas são uma placa córnea, formada por várias camadas de queratina


Unhas bonitas

  • Não roa
    Este hábito pode danificar a pele que as rodeia, tornando-as mais suscetível a infeções.
  • Evite a acetona
    O uso frequente desta substância para remover verniz deixa-as secas e quebradiças. Opte por um removedor de verniz sem acetona.
  • Use luvas
    Mantenha as unhas limpas e secas, evitando, deste modo, que as bactérias e fungos se desenvolvam debaixo delas.
  • Não as use como ferramenta
    Utilizá-las para abrir latas, retirar agrafos ou limpar sujidade incrustada debilita as unhas e torna-as mais quebradiça.
Última revisão: Julho 2016

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this