Febre em crianças: antes de dar o paracetamol, leia isto

febre em crianças

O uso de medicamentos de venda livre, como o paracetamol, tem regras e, se mal usados ou tomados em exagero, envolvem riscos.

  • Colaboração e revisão científicaDra. Cristina Azevedo Farmacêutica 

Administrar medicamentos ao primeiro indício de febre não é a melhor opção para a saúde da criança, defende a Academia Americana de Pediatria (AAP), alertando para os erros de dosagem e o facto de a toma camuflar sintomas e poder contribuir para a doença. Como explica Cristina Azevedo, farmacêutica, «a febre é um dos mecanismos de defesa do organismo contra infeções e nem sempre há necessidade de a combater. Há indicação para o fazer caso a temperatura axilar e/ou timpânica seja superior ou igual a 38°C, acompanhada de prostração e mal-estar geral da criança. Tem indicação médica imediata, caso a criança tenha idade inferior a 2 anos, mais de três dias com febre, temperaturas superiores a 39°C, febre contínua, ondulante ou recorrente, dificuldade respiratória, vómitos e/ou sonolência».

Última revisão: Abril 2017

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this