facebook-icon facebook-icon instagram-icon instagram-icon

Isto provoca acne

acne como tratar

As respostas da ciência sobre a influência do que comemos e usamos no dia a dia para o aparecimento de acne.

  • PorVanda OliveiraJornalista

  • ColaboraçãoDra. Whitney BoweMédica dermatologista

A alimentação é, desde sempre, associada ao aparecimento e/ou agravamento do acne, mas a ciência ainda não encontrou certezas para todas as suspeitas. É o caso do chocolate. «Os estudos efetuados não são conclusivos, mas os últimos dados apontam para que a culpa não seja do cacau, mas sim de outro ingrediente no chocolate, como o açúcar ou o leite, uma vez que as variedades com mais de 70 por cento de cacau parecem ser seguras», refere em entrevista à Revista Prevenir Whitney Bowe, médica dermatologista norte-americana que divide o seu tempo entre consultas, ensaios clínicos dedicados especialmente ao estudo do acne e ensino de futuros dermatologistas em Nova Iorque.

Açúcar

Alimentos com um índice glicémico elevado, isto é, com um grande potencial para aumentar os níveis de açúcar no sangue, tendem a piorar o estado de uma pele acneica. Esta é uma das principais certezas da ciência na ligação da dieta com o acne. «O consumo de alimentos com índice glicémico elevado estimula uma resposta endócrina que leva a pele a produzir mais oleosidade, promovendo a formação de borbulhas», explica Whitney Bowe.

O que fazer

Se a sua pele tem tendência acneica, opte por alimentos com um índice glicémico inferior a 55 (pão de mistura, batata-doce, vegetais, feijões) e evite aqueles cujo índice glicémico é superior a 70 (pão branco, batata, flocos de milho, doces).

Leite magro

Na classe dos laticínios, o leite magro é o que tem demonstrado ter um especial efeito no agravamento do acne. «Embora o mecanismo permaneça incerto, tudo indica que as proteínas do leite (whey, caseína), as hormonas e os fatores de crescimento presentes nos laticínios são os grandes responsáveis por este efeito, em especial a proteína whey, presente em maior quantidade no leite magro (em relação ao gordo) e muito consumida nos ginásios pelos praticantes de musculação, sob a forma de suplementos ou batidos, que têm tendência para desenvolver acne.»

O que fazer

Experimente alternativas sem leite, como a bebida de amêndoa que também tem um índice glicémico baixo. O queijo e o iogurte parecem não ter a mesma influência pelo que podem ser consumidos.


Alimentos que afastam o acne

Os estudos não são conclusivos, mas uma coisa os investigadores não têm dúvida: aquilo que comemos afeta a qualidade da pele em geral. «Alimentos ricos em antioxidantes e probióticos, por exemplo, acalmam a inflamação na pele e, por isso, revelam capacidade para abrandar o envelhecimento cutâneo», refere a dermatologista. Procure adotar a dieta certa para a sua pele, a par do tratamento médico receitado pelo seu dermatologista. E se quer evitar as indesejáveis borbulhas, certifique-se de que inclui os seguintes alimentos:

  • Fruta e vegetais – São ricos em antioxidantes (tal como o chá verde), que parecem melhorar o estado de uma pele com acne, geralmente associada a um excesso de stresse oxidativo.
  • Nozes e salmão – Ambos ricos em ácidos gordos polinsaturados, ómega-6 e ómega-3, respetivamente, são importantes moduladores da inflamação que faz despoletar o acne. O consumo de ambos deve ser equiparado, devendo apostar no consumo de ácidos gordos ómega-3 (geralmente em défice). O recurso a um suplemento alimentar de óleo de peixe com 1000 a 2000 mg por dia de EPA ou DHA (dois importantes ácidos gordos ómega-3) pode ser uma alternativa a debater com o seu médico.
  • Iogurte – Contém bactérias benéficas (lactobacilos ou bifidobactérias) que enviam mensagens que acalmam as células antes destas inflamarem e despoletarem uma crise acneica. «Em alternativa, pode tomar um suplemento probiótico contendo essas bactérias», refere a dermatologista.

No caso do chocolate se desconfia que este alimento lhe provoca borbulhas, opte pelo negro, com 70 por cento de cacau.


Isto também provoca borbulhas

«Muitas pacientes pensam que é a sujidade que provoca o acne e por isso esfregam e esfoliam demasiado a pele, acabando por agravar o problema», conta Whitney Bowe à Revista Prevenir. Segundo a médica dermatologista existem outros inimigos do acne que provavelmente (ainda) não conhece.

  • O seu telemóvel Se tem mais borbulhas num dos lados da face, provavelmente é naquele em que segura o telemóvel. As bactérias acumuladas no equipamento e a fricção contra a pele são a causa. Acne mecânico é o nome da condição.
  • O seu creme de rosto O problema não está no produto em si, mas na escolha da fórmula, desadequada para uma pele com tendência acneica. A designação oil free não é suficiente para este tipo de pele, opte por produtos com a menção “não comedogénico”.
  • O stresse As nossas glândulas sebáceas contêm recetores de cortisol, a hormona do stresse. Se existir uma predisposição para ter borbulhas, o stresse poderá despoletar o problema.
Última revisão: Junho 2014

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this