É possível acabar com a celulite?

Estratégias para acabar com a celulite

Não é fácil acabar com a celulite de vez. É, geralmente, um problema crónico, com várias recidivas, e que requer cuidados de manutenção. Mas existem estratégias que podem ajudar a melhorar o aspeto da pele e a reverter o problema.

  • PorSofia Santos CardosoJornalista

Com um aspeto parecido ao da casca de laranja, a celulite afeta sobretudo as mulheres, alojando-se, principalmente, nas ancas, nádegas e coxas, podendo também surgir no abdómen e braços. O seu aparecimento pode dever-se a diferentes causas: motivos estruturais, circulatórios, hormonais e/ou inflamatórios. Apesar de a quantidade de massa gorda estar diretamente relacionada com o seu desenvolvimento, não é necessário que haja excesso de peso para o seu aparecimento.

Acabar com a celulite pode não ser uma tarefa simples, no entanto, a Dermatologia tem vindo a desenvolver soluções que ajudam a melhorar o aspeto da pele tipo casca de laranja. Com a ajuda de um dermatologista e de uma fisiologista na gestão do peso, a Revista Prevenir apresenta-lhe algumas estratégias que pode adotar no dia a dia para prevenir o aparecimento da celulite ou, se já a tem, para atenuar a sua aparência.

Estilo de vida anticelulite

Para Teresa Branco, fisiologista na gestão do peso e diretora do Instituto Prof. Teresa Branco, é importante manter uma dieta saudável, baixa em açúcares e gorduras processadas, e rica em vegetais, proteína e ómega-3.

Não é necessário que haja excesso de peso para o aparecimento da celulite

Entre os hábitos que considera indispensáveis na rotina alimentar para prevenir o aparecimento e/ou agravamento da celulite, Teresa Branco destaca:

  • Refeições de três em três horas, onde o pequeno-almoço assume um papel muito importante, já que irá condicionar toda a alimentação do resto do dia;
  • Evitar os alimentos muito açucarados, que promovem a subida rápida dos níveis de açúcar no sangue, bem como os alimentos processados e ricos em sal, que contribuem para a retenção hídrica;
  • Manter uma boa hidratação ao longo do dia;
  • Evitar os refrigerantes e as restantes bebidas com gás que contribuem diretamente para o desenvolvimento da celulite.

Treino eficaz

No que respeita ao exercício físico, Teresa Branco faz questão de frisar que «fazer exercício duas vezes por semana não chega». A atividade física deve ser, idealmente, diária, mas nessa impossibilidade, a especialista aconselha a reservar, pelo menos, 45 minutos, dia sim, dia não.

Os exercícios aeróbios, como a caminhada intensa, a corrida, a natação, o cycling e o treino intervalado de alta intensidade, mais conhecido por HIIT (High Intensity Interval Training), são, de acordo com a especialista, os mais eficazes quando o objetivo é acabar com a celulite. «Os exercícios localizados com carga, que promovam o aumento da circulação sanguínea nas zonas mais afetadas pela celulite, devem ser associados ao seu plano de treino, se pretende resultados mais rápidos e eficazes», recomenda Teresa Branco, em entrevista à Revista Prevenir.


A intensidade do esforço físico também tem um papel importante. «O exercício deve ser de um nível de intensidade elevado, de forma a que haja um dispêndio calórico capaz de aumentar a circulação sanguínea nas zonas mais afetadas», remata.

Acabar com a celulite em consultório

A dermatologia tem vindo a desenvolver diferentes técnicas que podem ajudar a melhorar a aparência da pele tipo casca de laranja. Os resultados são, geralmente, visíveis ao fim de 3 meses. Posteriormente, será necessária uma manutenção regular, como explica o dermatologista na Idealmed – Unidade Hospitalar de Coimbra David Serra: «O objetivo do tratamento é melhorar o aspeto corporal. Infelizmente, a celulite é geralmente um problema crónico, que requer cuidados de manutenção.

«O exercício deve ser de um nível de intensidade elevado, de forma a que haja um dispêndio calórico capaz de aumentar a circulação sanguínea nas zonas mais afetadas»

As recidivas são frequentes, sobretudo por fatores genéticos, mas também pela persistência de estilos de vida propícios ao seu desenvolvimento». Daí ser tão difícil combater a celulite.

De entre os tratamentos existentes, o dermatologista refere alguns que, quando aliados a uma dieta saudável e à prática de exercício físico, ajudam a reduzir a aparência da celulite:

  • Endermologia
    É a técnica mais utilizada em consultório para combater a celulite. Estimula a drenagem linfática e a remodelação do tecido adiposo através da técnica de massagem e sucção, produzida por um aparelho específico.
  • Radiofrequência
    Ajuda a recuperar a firmeza, alisa a pele e induz a remodelação do tecido adiposo.
  • Mesoterapia
    Consiste na administração de diversos produtos através de injeções, com o objetivo de reduzir a acumulação de gorduras e edemas, estimular a derme e melhorar o metabolismo local.
  • Laser
    Para os casos mais complexos, os lasers permitem um tratamento muito direcionado. Podem ser utilizados de uma forma não muito invasiva, através de pequenos orifícios que permitem a entrada de um cabo de fibra ótica, que conduz a energia do laser até ao tecido fibroadiposo alvo.
Última revisão: Maio 2017

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this