Kombucha: que bebida é esta?

Kombucha: que bebida é esta?

A kombucha é uma bebida refrescante, tradicional da China, obtida a partir da fermentação do chá verde ou preto. É ligeiramente carbonatada e de sabor agridoce, semelhante à sidra.

  • ColaboraçãoDra. Iara RodriguesNutricionista

«Resulta da adição da “mãe da kombucha” ao chá. Esta é constituída por uma associação simbiótica de bactérias e leveduras, presentes numa matriz de celulose sintetizada por bactérias acéticas e é responsável pelo processo fermentativo da bebida», explica a nutricionista Iara Rodrigues à Revista Prevenir. «A fermentação é feita por uma simbiótica de leveduras e lactobacillus probióticos. Não é processada nem pasteurizada, sendo um dos indicadores da sua vitalidade a formação de uma biogeleia sólida natural e de um depósito», acrescenta.

O tempo de fermentação é, geralmente, de sete a dez dias. Se este for muito prolongado, a kombucha desenvolve um sabor muito intenso e avinagrado

Como consumir

A kombucha pode ser consumida como um chá normal (um a dois copos por dia), ou em alternativa a uma bebida (refrigerantes, sumos), à temperatura ambiente ou refrigerada, sem adição a de açúcar. É recomendado o seu consumo em simultâneo com água, para facilitar a eliminação de toxinas.

Os benefícios da kombucha

São vários, ainda que «as características da kombucha possam variar consoante o tipo de chá utilizado, os microrganismos presentes na “mãe da kombucha” e o tempo de fermentação.»

Promove a saúde osteoarticular
«Ajuda a prevenir e recuperar de lesões nas articulações; ação relacionada com o facto de conter glucosamina, uma substância que preserva os níveis de colagénio.»

Protege as células
«Devido à presença de vitaminas e probióticos, pode ser bastante importante para o sistema imunitário, nomeadamente na proteção celular, em caso de inflamações e diminuição das defesas.»

Ajuda à digestão
«Graças ao seu poder antioxidante, a kombucha também pode ajudar ao processo digestivo.»

Tem ação energizante
«Dá energia, pois contém ferro, resultante da fermentação, que melhora o transporte de oxigénio no sangue, e teína, o equivalente da cafeína presente no chá.»

Melhora o metabolismo
«Estimula o sistema imunitário, digestivo e a função hepática, melhorando o metabolismo, ação que pode resultar de várias características presentes no chá ou alterações pós-fermentação.»

Tem poder antioxidante
«Este resulta da presença de catequinas e flavonoides presentes no chá, com potencial na prevenção de doenças cardiovasculares, cancro, diabetes e insuficiência renal e responsáveis pela ação antimicrobiana do chá.»


Quem não deve consumir

Regra geral, não existem efeitos adversos associados ao consumo de kombucha. Contudo, há grupos que devem limitar ou excluir a ingestão desta bebida:

  • «Pessoas com reações alérgicas severas devem excluir o seu consumo.»
  • «Sendo a sua origem o chá verde ou preto (com efeitos excitantes), não deve ser consumido em excesso e deve ser limitado a quem for sensível a estes chás.»
  • «Pessoas sensíveis às bebidas ácidas ou insuficientes renais podem sofrer distúrbios gastrointestinais e reações alérgicas após a ingestão desta bebida. Nesses casos, deve cessar ou diminuir o seu consumo.»
Última revisão: Novembro 2017

artigos recomendados

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this